Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

07 Agosto de 2020 | 21h38 - Actualizado em 08 Agosto de 2020 | 07h58

Angola perde nas olimpíadas em jornadas de percalços

Luanda - A selecção nacional de xadrez perdeu pela primeira vez nas Olimpiadas Mundiais, que decorrem em sistema online, em tripla jornada, disputada nesta sexta-feira, cheia de percalços devido a oscilação do sinal da internet.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Renelsa António - uma das suplentes da selecção macional

Foto: José Cachiva

 Na primeira ronda do dia, em que Angola defrontou e perdeu com a Escócia, por 2,5 - 3,5, a Candidata a Mestre Jemima Paulo, da Academia Ditrov, baqueou no sexto tabuleiro por falhas de conexão, proporcionando um ponto ao adversário, por falta de comparência.

Na ronda seguinte, a segunda desta terceira fase da competição (grupo - B), a conexão dificultou igualmente o jogo do Candidato a Mestre Lutuima Amaro.

O atleta da Escola Macovi tinha o jogo ganho, mas na ponta final o sinal da internet baixou por mais de um minuto e quando se repôs já o tempo da partida tinha terminado.

Na sequência, Angola acabou por perder por 1-5 diante do IPCA (selecção de atletas de vários países do mundo com Síndrome de Down e deficientes visuais).

Seguiu-se o confronto com Portugal com quem o combinado nacional foi derrotado por 1,5 – 4,5.

Teoricamente tratou-se dos adversários mais difíceis da série, tendo em conta a respectiva força de jogo (Elo).

Sábado, a selecção nacional defronta o Botswana para a quarta jornada (11h00), seguindo-se os confrontos com a Chinese Taipei (12h00/5ª) e com a Sri Lanka (13h00/6ª).

Nas três rondas de hoje  alinhou a selecção principal, composta por João Júlio (capitão), Sérgio Miguel (Mestre Fide da Escola Sacri do Cazenga), David Silva (MI – Escola de Mestre João Francisco), Esperança Caxita (MI - 1.º de Agosto), Ednásia Júnior (MI - Escola Macovi), Lutuima Amaro (Candidato a Mestre - Escola Macovi) e Jemima Paulo (Candidata a Mestre - Academia Ditrov).

Suplentes: Irineia Gabriel (capitã), Manuel Alberto (Mestre Fide - Escola João Júlio), Vanderson Dias (Especialista Nacional - Progresso Sambizanga), Delfina João (Candidata a Mestre - Progresso Sambizanga), Luzia Pires (MI - 1.º de Agosto), Domingos Júnior (Mestre Fide - Escola Macovi) e Renelsa António (Candidata a Mestre - Escola Rene Castilho do Cunene).

Assuntos Xadrez  

Leia também
  • 04/08/2020 23:01:09

    Angola defronta "habitues" na 3ª fase das Olimpiadas

    Luanda - O sorteio da terceira fase das Olimpiadas Mundiais de xadrez colocou novamente no caminho de Angola, num evento do género, a Escócia, o IPCA (selecção de atletas de vários países do mundo com Síndrome de Down e deficientes visuais) e Portugal.

  • 03/08/2020 04:27:23

    Angola na 3ª fase das Olimpiadas Mundiais

    Luanda - Invicta, a selecção nacional de xadrez qualificou-se, na noite de domingo, para a terceira fase das Olimpiadas Mundiais de xadrez, que decorre em sistema online, devido à pandemia da covid -19.

  • 01/08/2020 22:03:12

    Angola cilindra no 2º dia das Olimpiadas

    Luanda - A Selecção Nacional de Xadrez foi imperial na tripla jornada do segundo dia das Olimpiadas Mundiais, que decorre em sistema online, ao vencer respectivamente, neste sábado, a Libéria, o Ghana e o Porto Rico.