Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

10 Julho de 2019 | 23h40 - Actualizado em 10 Julho de 2019 | 23h40

Polidesporto: Mais de mil atletas nos jogos da polícia da SADC em Luanda

Luanda - Mais de mil atletas em representação de 15 estados estarão engajados na 10ª edição dos Jogos da Organização Regional da Polícia da África Austral (SARPCCO), que se disputa de 3 a 15 de Agosto próximo, na capital angolana, Luanda, soube-se de fonte oficial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeiras dos Países da SADC

Foto: Alberto Juliao

Em declarações à Angop, à margem da cerimónia de apresentação do evento, o responsável adjunto da sub-comissão técnica desportiva, Belmiro Carmelino adiantou que o mesmo envolve as modalidades de futebol, voleibol, xadrez, dars, netbol e atletismo, em ambos os nexos.                 

A prova, com cerimónia de abertura marcada para o estádio dos Coqueiros, tem como recintos de competições, a referida infra-estrutura (atletismo), os campos do Interclube, no Rocha Pinto (futebol), o pavilhão 28 de Fevereiro, no quartel principal dos Bombeiros (netbol), na quadra da Refriango, no Kikuxi, (voleibol) e do Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais “Osvaldo de Jesus Serra Van-Dúnem”, o Dars.

As delegações dos países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) estarão alojadas no complexo hoteleiro e turístico do Futungo II, no Município de Belas.

Para o antigo árbitro de futebol, a representação angolana composta por  200 efectivos, com maior potencial no xadrez, tem como objectivo melhorar a sexta posição da edição anterior, em eSwatini, onde conquistou 19 medalhas, das quais 12 de ouro, quatro de prata e três de bronze.                           

Os Jogos passados de eSwatini, com a presença de 15 países, foram vencidos pelos polícias do Zimbabwe.  

A fundação de uma organização regional aglutinadora das corporações policiais dos Estados membros da SADC foi esboçada a 23 de Setembro de 1994, durante um encontro de operativos em Mananga, Reino da Swazilândia, actual eSwatini.

Na conferência dos chefes de Polícia, que teve lugar em Victoria Falls (Zimbabwe), entre 31 de Julho e 01 de Agosto de 1995, após ratificarem as decisões da Swazilândia, decidiram apresentar um projecto para a criação do Bureau Sub-Regional da Interpool e o secretariado da SARPCCO.

Assim, a 02 de Agosto de 1995, os ministros de tutela aprovaram a resolução e as recomendações do projecto tendentes à criação da Organização e Cooperação dos Chefes de Polícia da África Austral.

A SARPCCO foi fundada por onze países, designadamente Angola, Botswana, Lesotho, Malawi, Moçambique, Namíbia, África do Sul, Swazilândia (eSwatini), Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe.

Assuntos Futebol  

Leia também