Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

05 Dezembro de 2019 | 19h28 - Actualizado em 06 Dezembro de 2019 | 11h08

Andebol/Mundial: Pérolas deixam Aqua Dome em lágrimas

Kumamoto (Do enviado especial) - As atletas da selecção nacional abandonaram hoje o pavilhão Aqua Dome, em Kumamoto, no Japão, desoladas, por não conseguirem os objectivos no encontro diante da Noruega, que passava por uma vitória, apesar dos esforços empreendidos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Japão/Mundial: jogo entre Angola e Noruega

Foto: Walter dos Reis

No final da partida, foi visível as angolanas saírem em lágrimas, uma vez que a derrota (24-30) deitou por terra todas as chances de passagem para a próximo fase, por ser a terceira na prova.  

As mais inconformadas foram Azenaide Carlos, que foi a melhor jogadora da partida, e a guarda-redes Helena Sousa, que voltou a tomar conta da baliza.

Com seis golos, Azenaide Carlos, com os olhos carregados de lágrimas, disse terem feito tudo para evitar a derrota, mas “acabamos por perder no detalhe”.

Já Helena Sousa diz que a equipa fez um bom jogo, sobretudo na primeira parte.

“Não nos sentimos intimidadas, jogamos de forma normal mas a Noruega teve mais argumentos”, disse.

Depois do triunfo moralizador na quarta-feira frente à Eslovénia (33-24), as Pérolas entraram determinadas neste encontro da quarta jornada do Campeonato do Mundo.

Ao intervalo perdia por apenas um golo de diferença (12-13), e ao longo da partida chegou, inclusive, a liderar o marcador.

Num período do jogo em que o combinado nacional perdia por 4 golos de diferença, a equipa técnica nacional foi ousada em retirar a guarda-redes e manter sete jogadoras de campo na quadra, chegando a recuperar a desvantagem para um.

Nem mesmo a pequena claque constituída por cidadãos japoneses, com a bandeira de Angola e trajes com as cores nacionais, foi suficiente para galvanizar Angola para o almejado triunfo.

A selecção nacional volta a jogar sexta-feira, diante de Cuba, para a quinta e última jornada do grupo A. Nos dois primeiros desafios, o sete nacional perdeu com a Sérvia (25-32) e com a Holanda (28-35).

Assuntos Andebol  

Leia também
  • 05/12/2019 20:51:21

    Andebol/Mundial: Nair de Almeida coloca Angola "acima" de Cuba

    Luanda - A antiga meia-distância da selecção nacional Nair de Almeida apontou hoje, em Luanda, Angola como favorita no jogo de sexta-feira diante de Cuba, para a 5ª jornada do grupo A do Campeonato do Mundo de andebol sénior feminino, que decorre no Japão.

  • 04/12/2019 19:19:20

    Andebol/Mundial: Angola encara vice-campeã Noruega

    Kumamoto (Do enviado especial) - A selecção nacional recebe nesta quinta-feira a similar da Noruega, vice -campeã mundial, em jogo da quarta jornada do grupo A do Campeonato do Mundo em Andebol Sénior Feminino, que decorre em Kumamoto, no Japão.

  • 04/12/2019 17:17:00

    Andebol/Mundial: "Estamos motivadas" - atletas

    Kumamoto - (Do enviado especial) - A vitória por 33-24 diante da Eslovénia, na terceira jornada do grupo A, motivou as atletas para os desafios que se seguem, embora reconheçam as dificuldades a enfrentar nos próximos jogos do Campeonato do Mundo de Andebol sénior feminino, que decorre em Kumamoto, Japão.