Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

21 Junho de 2020 | 13h48 - Actualizado em 21 Junho de 2020 | 14h07

INACOM regista ataque às operadoras móveis

Luanda - O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) informa que tomou conhecimento de um ataque às redes das operadoras móveis nacionais, nas últimas horas, e apela aos utilizadores a não atender, nem retornar chamadas internacionais para números desconhecidos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dístico do INACOM

Foto: Lino Guimaraes

Numa nota, a que a Angop teve hoje acesso, o INACOM refere que o ataque, também conhecido como "toque e foge", é uma fraude económica, que visa, essencialmente, atrair os utilizadores a retornar a chamada de telefone, com o objectivo de arrecadar receitas pelas chamadas internacionais.

Trata-se de um fenómeno que afecta a indústria, essencialmente de telefonia móvel, em vários países.

O instituto das comunicações informa estar a trabalhar desde que tomou conhecimento, com as operadoras, com destaque para a Unitel, e que já foram tomadas medidas para o controlo da situação.

Tranquiliza os utilizadores das redes móveis de que não há o risco de roubo de informações ou dados pessoais e coloca à disposição a sua linha de atendimento gratuita (15 555) para apoiar os utentes dos serviços de comunicação.

Assuntos Telecomunicações  

Leia também
  • 02/03/2020 12:29:16

    Bolsa para mulheres "Unitel" com 60% de aproveitamento

    Luanda - Mais de 60% das estudantes da 1ª edição do programa de bolsas de estudo da UNITEL, ?Mulheres Para o Futuro?, tiveram aproveitamento positivo no ano lectivo 2019.

  • 27/06/2019 19:51:33

    Angola necessita aumentar taxa de conectividade à internet

    Luanda - Angola deve aumentar urgentemente a taxa de conectividade à internet para níveis similares a de países europeus, que rondam os 80 por cento, para usufruir dos benefícios do Produto Interno Bruto Digital, afirmou hoje, em Luanda, o gestor da Wiconnet Paulo Araújo.

  • 13/11/2018 18:27:29

    SACS eleva importância de Angola no mercado de telecomunicações

    Luanda - O Sistema de Cabos Submarinos do Sul do Atlântico (SACS), da multinacional angolana de telecomunicações, Angola Cables, está em destaque, desde hoje, no maior evento de telecomunicações ao nível do continente africano, o Africacom 2018, a decorrer na Cidade do Cabo, África do Sul, até ao dia 15 deste mês.