Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

26 Maio de 2020 | 20h24 - Actualizado em 26 Maio de 2020 | 20h24

Huawei Angola apresenta "Home study"

Luanda - A multinacional Huawei Angola apresentou, nesta terça-feira, a solução " home study" destinado a suportar o projecto TIC Talent, que envolve instituições do ensino superior ligadas às tecnologias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vista parcial do Centro tecnológico da Huawei China (arquivo)

Foto: JOAQUINA BENTO

 A fase experiencial da referida solução tecnológica, em curso desde Abril deste ano, está a permitir a criação de salas de aula virtuais em tempo real, para a formação dos estudantes nesta fase de confinamento social devido  à covid-19.

Em vídeo conferencia, realizada nesta terça-feira, a  Huawei Angola apresentou de forma oficial o  referido programa, a vigorar num período de seis meses, ajudando os  estudantes  inscritos  em sete  instituições de ensino.

Trata-se dos institutos de Telecomunicações (Itel),  o Superior de Tecnologias de Informação e Comunicação (Isutic), o Politécnico Metropolitano (Imetro),  de Ciências Policiais (ISCP), a Universidade Católica de Angola  e o Centro Integrado de Formação Tecnológica (Cinfotec).

Luís Gonçalves, o representante da Huawei, referiu que  mais  instituições de ensino, num total de sete, poderão entrar no programa, neste ano, estando já  a decorrer alguns processos que conformam a certificação.

Sem avançar custos, o responsável avançou que mais de 68 estudantes  já receberam  certificados  internacionais, no quadro da  participação em  competições e formações  acadêmicas  certificadas por esta multinacional.

Na ocasião,  a  directora do Cinfotec, Ermelinda Candido, enalteceu a iniciativa  lançada pela Huawei, mas receia a abrangência do mesmo,  tendo em conta a questão da internet.

Casos de sucessos alcançados, desde 2015,  com o projecto “TIC Talentos da Huawei”  foram relatados neste  encontro pelas referidas instituições de ensino.

Na primeira competição da Huawei  em África, que decorreu na África do Sul, em 2018, Angola foi representada pelo  Cinfotec, que ficou na terceira posição, um lugar que levou representantes do país na competição final mundial realizada numa das cidades da China.

O Instituto Superior de Ciências Policiais (ISCP)  também  tem  casos de sucessos registados,  uma instituição que  formou  um dos muitos HCIA-routing e switching  existentes no mercado angolano.

O projecto  TIC Talento da Huawei tem por objectivo  principal  de ajudar as  universidades angolanas  a desenvolverem  cursos adaptados a realidade  do mercado.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 20/05/2020 15:47:34

    Ministro quer empresas rentáveis e operacionais

    Luanda -O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, afirmou, nesta quarta-feira, a necessidade de as empresas se tornarem modelos de gestão modernos, rentáveis e operacionais, para apoiar o desenvolvimento social e económico do país.

  • 20/05/2020 15:30:45

    Huawei mantém investimentos e serviços

    Luanda - A Huawei, multinacional chinesa de telecomunicações, manifestou, esta quarta-feira, o compromisso de continuar a investir e disponibilizar os seus serviços aos clientes espalhados pelo mundo.

  • 17/05/2020 08:00:52

    Governo destaca papel das telecomunicações

    Luanda - O Governo angolano destacou, este domingo, o papel que o sector das telecomunicações e tecnologias de informação desempenha no contexto social e da economia nacional e mundial.