Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

08 Janeiro de 2020 | 18h25 - Actualizado em 08 Janeiro de 2020 | 18h23

Diplomata são-tomense será novo director-geral da CPLP

São Tomé - O diplomata são-tomense, Armindo Brito Fernandes, será o novo director-geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), assumindo o cargo em Fevereiro, anunciou hoje a embaixada de São Tomé e Príncipe em Portugal.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Foto: Arquivo

Em comunicado, divulgado na sua página oficial na rede social Facebook, a representação são-tomense considera a escolha de Armindo Brito "um ganho da diplomacia são-tomense" que permite ao país estar "representado a um nível de destaque" na organização.

"Louva-se, nessa conquista, o mérito do candidato nacional e, também, o papel do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades de São Tomé e Príncipe e o da Embaixada acreditada em Lisboa", adianta o comunicado.

A escolha do novo director-geral da CPLP resulta de um concurso lançado pela organização a que concorreram 132 candidatos, segundo a informação disponibilizada pela diplomacia são-tomense.

De uma primeira avaliação, resultou uma 'short list' representativa dos países membros, composta de 10 candidatos: Angola - 1 candidato; Brasil - 1 candidato; Cabo Verde - 1 candidato; Portugal/Cabo Verde (dupla-nacionalidade) - 2 candidatos; Guiné Bissau - 1 candidato; Moçambique - 1 candidato; Portugal - 2 candidatos; São Tomé e Príncipe - 1 candidato.

Depois de entrevistas realizadas aos 10 candidatos, foram seleccionados como finalistas o diplomata de São Tomé e Príncipe e um candidato de Moçambique, acabando a escolha por recair sobre Armindo Brito Fernandes, 58 anos, licenciado em Direito com uma especialização em Direito Internacional pela Universidade de Kiev, Ucrânia.

Embaixador do quadro da carreira diplomática de São Tomé e Príncipe, Armindo Brito Fernandes exerce funções de coordenação e gestão no Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades de São Tomé e Príncipe desde 2013 com responsabilidades na área do Fundo Europeu de Desenvolvimento.

Anteriormente, exerceu funções de secretário-geral e de director de Assuntos Políticos e Económicos Internacionais no mesmo ministério.

Como diplomata, foi embaixador em Angola, encarregado de negócios na Bélgica e chefe da missão diplomática de São Tomé e Príncipe junto da União Europeia.

Armindo Brito Fernandes deverá tomar posse do cargo em Fevereiro para um mandato de três anos.

Leia também
  • 07/01/2020 19:35:00

    Apresentada queixa-crime contra autora de estudo sobre alcoolismo em São Tomé

    São Tomé - O Governo de São Tomé e Príncipe anunciou hoje que vai processar a investigadora luso-são-tomense Isabel de Santiago pela publicação de um estudo sobre a prevalência do álcool no país.

  • 24/12/2019 16:30:47

    MP são-tomense quer ouvir presidente do parlamento e ministro

    São Tomé - O Ministério Público (MP) são-tomense quer interrogar o presidente da Assembleia Nacional, Delfim Neves, e o ministro das Finanças, Osvaldo Vaz, para apurar a sua eventual responsabilidade num caso de alegada corrupção conhecido como 'processo dos envelopes'.

  • 20/12/2019 10:01:50

    São Tomé: País regista tremor de terra

    Washington - Um tremor de terra de magnitude de 5,5 na escala de Richter ocorreu quinta-feira, 19 de Novembro, em São Tomé e Príncipe, as 15 h 25 (hora local), anunciou no mesmo dia, o Instituto de estudos geológicos dos Estados Unidos da América,