Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

09 Outubro de 2019 | 17h39 - Actualizado em 09 Outubro de 2019 | 17h39

Macky Sall distinguido "Homem do Ano" no sector da energia em África

Cidade do Cabo - O presidente senegalês, Macky Sall, foi hoje distinguido "Homem do Ano" no sector de energia em África pela plataforma Africa Oil and Power (AOP), o principal actor do continente em políticas de energia e investimentos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira do Senegal

Foto: Divulgação

O chefe de estado senegalês vai receber a prestigiada distinção durante a conferência da AOP, que teve início nesta quarta-feira e prosseguirá até 11 de Outubro na Cidade do Cabo (África do Sul).

"Os profissionais do sector que votaram em Macky Sall reconheceram por unanimidade que hoje o Senegal está muito engajado a construir uma indústria petrolífera robusta após as descobertas interessantes e promissoras que, por sua vez, atraíram grandes investidores", fundamentou Guillaume Doane no website da AOP para justificar a escolha do líder senegalês.

"Sob a liderança do presidente Macky Sall, o país deu passos gigantes ao atrair os investidores", acrescentou Doane.

Sall sucede assim Mohamed Sanusi Barkindo, secretário-geral da Organização dos Países Exportadores do Petróleo (OPEP), vencedor da edição de 2018.

Para o ministro senegalês da Energia, Makhtar Cissé, este prémio vem recompensar os esforços do Senegal na governação transparente dos recursos nacionais.

"Não há indício, nem elemento que permite contradizer que estamos no caminho certo em matéria de gestão dos recursos do petróleo e gás. Todas as promessas de transparência no campo dos recursos naturais foram cumpridas ", salientou Cissé durante a sua passagem no júri de domingo na Iradio.

Vinte ministros africanos dos petróleos e da electricidade participam na conferência da AOP 2019.

O encontro será uma oportunidade para o Senegal e o Sudão do Sul lançar novas licenças de exploração dos seus recursos de petróleo e gás.

A AOP decidiu também organizar a Cimeira Regional sobre a Energia (RES) em Dakar, de 02 a 03 de Dezembro próximo.

O fórum reunirá os principais investidores e dirigentes dos serviços públicos para promover o balanço energético na África Ocidental.

Nos últimos anos, grandes quantidades estimadas em três mil milhões de barris de petróleo e 450 mil milhões de metros cúbicos de gás foram descobertas.

As autoridades anunciaram o arranque da fase de exploração a partir de 2021.

Assuntos Energia   Petróleos   Senegal   África  

Leia também
  • 02/10/2019 23:03:59

    Senegal inicia gratuitidade de quimioterapia de cancros femininos

    Dakar - O tratamento por quimioterapia dos cancros femininos tornou-se gratuito em todas as estruturas de saúde pública do Senegal, a partir desta terça-feira, dia que marca o arranque de um mês de campanha de luta e de sensibilização contra o cancro da mama intitulada ?Outubro Rose?.

  • 02/10/2019 23:00:06

    Preço do cacau sobe 19% na Côte d'Ivoire

    Abidjan - O preço do cacau, na Côte d'Ivoire, registou um aumento de 10 por cento, para a nova campanha de comercialização do produto oficialmente aberta, terça-feira.

  • 02/10/2019 22:57:34

    Tribunal mantém prisão de candidato presidencial na Tunísia

    Túnis - A Câmara de Acusação do Tribunal de Apelação de Túnis rejeitou, terça-feira à tarde, o pedido de libertação de Nabil Karoui, candidato do partido Qalb Tounés, qualificado para a segunda volta das eleições presidenciais antecipadas, na Tunísia.