Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

13 Setembro de 2019 | 15h44 - Actualizado em 16 Setembro de 2019 | 09h35

Quénia torna-se terceiro país africano a aplicar vacina da malária

Nairobi - O Quénia começou hoje a administrar a primeira vacina contra a malária a crianças nas áreas rurais com elevadas taxas de transmissão, tornando-se o terceiro país em África a aplicar o medicamento, segundo noticiou a Lusa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira do Quénia

Foto: Foto divulgação

O ministro da Saúde queniano, ------, considerou, numa mensagem colocada no “Twitter”, que hoje é um "dia histórico" para este país, o terceiro a introduzir a aplicação da vacina em África, a seguir ao Malawi e ao Ghana.

A malária é uma das principais causas de morte em África, matando pelo menos mais de 400 mil pessoas todos os anos, a maioria das quais crianças com menos de cinco anos.

Assuntos Quénia   Saúde  

Leia também
  • 09/09/2019 12:01:13

    Cento e quarenta e dois pacientes de Ébola curados na RD Congo

    Kinshasa - Cento e quarenta e duas pessoas atingidas pelo vírus Ébola foram tratadas na República Democrática Congo (RDC) de 26 de Julho a 5 deste mês, data da entrada em funções do novo secretariado técnico do Comité Multissectorial de Resposta a doença, segundo um comunicado do Ministério da Saúde a que a PANA teve acesso em Kinshasa.

  • 14/08/2019 18:10:42

    Corpo exumado no Quénia para autoridades recuperarem uniforme

    Nairobi - As autoridades da cidade de Kakamega, no Quénia, decidiram exumar o corpo de um homem por causa do uniforme com que foi enterrado, indicou hoje a BBC.

  • 12/08/2019 13:21:09

    Egipto elogia trabalho de equipa médica envolvida no Hajj

    Cairo - O ministro dos Recursos Hídricos e Irrigação, Mohamed Abdel Aati, que dirige a missão egípcia de Hajj, elogiou hoje os esforços da equipa médica de acompanhamento por prestar uma boa atenção aos peregrinos egípcios.